domingo, 18 de março de 2012

Não leve discriminação pra casa, faça algo.

Meninas, 
eu queri muuuuuito agradecer pelo apoio de todas aqui do blog, na página do facebook, no chat do face também. Nossa! Realmente eu me senti super acolhida, me senti a amiga que vocês iam defender caso isso acontecesse. MUITO OBRIGADA!
Eu já estou BEM melhor do que semana passada, consigo contar o caso sem chorar e isso já é um grande avanço pra quem chorava a cada lembrança do ocorrido, rs. Eu não voltei na loja porque eu simplesmente não tive tempo pra isso, afinal de contas eu tinha um sapato de festa pra achar. 
Sexta eu saí com a minha mãe e minha tia pra ver se achava alguma coisa. E era num bairro de rico daqui da cidade, que tem uma avenida só com lojas bacanas e caras. Já fui engolindo choro pra não ter que passar pela mesma coisa sem desabar hahaha. Entrei na primeira loja em liquidação e já veio uma vendedora super simpática mandando eu ficar a vontade e perguntando se eu estava procurando algo de especial. Expliquei pra ela. E gente, eu fui muuuuuito bem atendida, ela até me mostrou a coleção nova que tinha chegado pra eles nos fundos da loja, perguntou se alguma coisa me agradava que ela ia trazer o que tinha na minha numeração. Tudo muito lindo! Me atendeu super bem, mas eu não achei nada que me agradasse, tiveram até calçados que me servissem, mas que infelizmente eu não fui com a cara. Mas como não tava fácil de achar, mandei ela me dar o cartão com o nome dela que eu ia olhar mais e se não achasse outra coisa eu iria voltar. Fui andando mais na rua e achei uma outra loja em liquidação. Nessa me trataram também super bem, me ofereceram algo pra beber, me mostraram a coleção nova, os lançamentos que elas iam colocar à mostra no coquetel do dia seguinte.
Nessa loja eu amei dois sapatos e já fui logo pedir pra dona moms me comprar os dois, porque os dois davam o preço de um da loja anterior. E levei! Um de renda e outro dourado todo de glitter. Lindos! 

Esse é o que eu vou no casamento :) AMEI!

Esse eu AMEEEEI! Calçou super bem, esse aí foi meu brinde.rs.
Isso tudo me serviu pra uma coisa. Não levar discriminação pra casa, não trazer essa energia negativa dessas pessoas pro meu conforto e pra minha paz. Eu não sou idiota de pensar que não haverá uma próxima vez, mas eu sei que quando houver eu vou estar preparada o suficiente, munida de muita coragem pra poder enfrentar pessoas tão baixas quanto essas vendedoras que simplesmente ignoraram meu dinheiro e minha pessoa.
De agora em diante eu vou simplesmente mostrar o reflexo do preconceito delas. Não é como se diz? Tudo que vai volta? E isso é fisicamente comprovado por Newton: "Toda ação receberá uma reação de mesma intensidade, direção e sentido contrário"

Por isso meus amores, não deixem que você, que pessoas próximas e até mesmo desconhecidos sejam discriminados por qualquer tipo de preconceito de alguém que simplesmente não escrúpulos. Intervenham até mesmo por aqueles que você não tem nada com a vida dele. Mesmo que a sua intervenção não seja direta e você simplesmente avise o gerente: "eu vi um funcionário seu discriminar alguém em seu estabelecimento".
Eu aprendi, da pior forma possível, mas aprendi que a gente deve começar a levantar a bandeira contra esse tipo de ação. 

Eu queria era agradecer a todas que se importaram e que de alguma forma ajudaram na minha rehab kkkkkk pra sair da deprê que eu estava. A Nê que foi uma fofa (no sentido carinhoso da palavra) e fez até um post falando disso :) super me defendendo! AMO MESMO ESSAS MINHAS SEGUIDORAS GENTE KKKKKK

Fiquem com Deus,
Beijão :*

Fiquem com Deus,
Beijão


6 Comentários:

Marcella disse...

No final deu tudo certo, né, Gabi?! Que ótimo! E é LIN-DO o sapato que você escolheu para ir ao casamento! Beijos e boa semana para você!!

Karina disse...

Coisa linda essa volta por cima!
Azar é o da vendedora que ficou sem a comissão!
Os sapatos são lindérrimos e em liquidação ficam ainda mais bonitos! hahah
Não deixe esse tipo de atitude te afetar. E se afetar, continue assim. Levante a cabeça e dê a volta por cima!
Bjs

Ana Paula disse...

Nos te amamos também e que bom que conseguiu quer isso da melhor forma possível e melhor ainda com dois pares de sapatos lindos!

Priscylla disse...

E que isso sirva de lição também a nós.No meio do post você disse "um bairro de ricaços"já com medo de ser mal atendida...viu só?nós temos em nossa cabeça que lojas de grife só tratam bem os ricos ou os que aparentam ser!
Fique bem e sim que essa seja a força que você procurava para seguir adiante e daqui uns dias minha filhota sambar na cara da sociedade!
beijão!

Erika Emagrecendo disse...

Não tinha lido seu post sobre o que aconteceu, mas acabei lendo também!
Isso já aconteceu comigo, a gente se sente mal na hora! Mas, a gente não deve se importar em como algumas pessoas que a gente nem conhece nos tratam! Tem muita gente que gosta de ti, e que faz diferença na sua vida! Com essas sim você deve se importar! Com as outras...isso tem que ser indiferente! Você só pode sentir muito por elas serem assim! E é isso aí...tudo o que você faz um dia volta contra você! Essa atitude das vendedoras é coisa de gente pequena! Bola pra frente! Você é mais!

Roberta Lavinas disse...

Amigaaa, o importante ´q vc COMO SEMPRE deu a volta por cima, sacudiu a poeira e tá pronta pra arrazar.
É complicadíssimo esse lance de preconceito, não é certo passar por esse tipo de coisa, mas óh, agora que "passou" mostra pra que vc lutou tanto.
ARRAZA NESSE CASAMENTO!
Bjuuu e conta comigo! Sua lindaaa!

Postar um comentário

Tentar e falhar é, pelo menos, aprender. Não chegar a tentar é sofrer a inestimável perda do que poderia ter sido.
Estamos juntas nessa meninas :)

Related Posts with Thumbnails